Seguidores

quarta-feira, 10 de julho de 2013

A escultura de S. Matias

Em Maio último, os meus leitores foram informados aqui que a "minha" Comissão de Festas, tinha encomendado ao Laiginhas, da Ponte do Abade, uma imagem do S. Matias, para ficar no nicho superior do portal da capela, formado por volutas e concheados. Ora, como a escultura já foi vista por alguns residentes, é meu entendimento também mostrá-la aos nossos migrantes e emigrantes que são muitas vezes quem anima as aldeias com o seu regresso…nem que seja por alguns dias.


Às vezes pergunto-me se quem está fora ou dentro do que é o trabalho desenvolvido numa (ou por uma) Comissão, fará ideia do que está implicado naquilo que se vê e que tão facilmente parece imperfeito. E a resposta a que chego é: claro que há muita coisa imperfeita nas nossas festas, porque podemos sempre melhorar o que já foi feito. A procissão e andores são disso um exemplo, mas a realidade é que as coisas só mudam para melhor com uns a darem e a aceitarem ideias, outros tempo, outros esforço físico, outros apoios financeiros, outros ainda de tudo um pouco...e assim é que conseguimos construir o que é de todos, o que é nosso, da comunidade e para a comunidade.
As Comissões de Festas não devem limitar-se a organizar as festas - que fazem falta e muito motiva - mas que são passageiras e nada trazem à terra se os seus ganhos não forem investidos em obras e melhoramentos ou equipamentos necessários à capela/aldeia. Tem de haver sempre um esforço interesseiro, mas interesseiro na medida que temos de melhorar o que é de todos, da nossa aldeia - Forninhos - e para as nossas gentes e não, cada uma (Comissão), arrecadar o que é de todos!
Ainda assim aqui fica o meu agradecimento a todos os que fazem, já fizeram ou hão-de um dia fazer parte da Comissão de Festas de Nossa Senhora dos Verdes de Forninhos. 

25 comentários:

  1. Ja por aqui enalteci, sem favor, aquando do Espirito Santo, o trabalho desenvolvido pela actual Comissao de Festas.
    A mesma que sem meios financeiros deixados, esta a fazer a continuacao de uma obra.
    Tiro o chapeu!
    Aqui deixam o registo de inteligencia e estoicismo, ao legarem a figura ancestral do S. Matias.
    Para quem entrou nesta senda, sem um tostao, convenhamos que sao merecedores do nosso mais sentido obrigado.
    Mesmo quando os safardanas tentam abafar o merito de quem, mesmo na distancia, aqui deixa testemunhos desta envergadura.
    Um muito OBRIGADO!

    ResponderEliminar
  2. Tomara que cada vez mais participação efetiva haja e que melhoramentos sejam somados sempre, pelo benefício de Forninhos! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderEliminar
  3. Passando por aqui para me alegrar com vocês! Fico sempre contente em saber que Forninhos prossegue e cresce... Viva!

    Quase voltando e com as malas transbordantes de saudades...

    Abraços p você e o Xico... MUITA PAZ E SAÚDE!!

    ResponderEliminar


  4. Pois é ," falar é fácil , agir difícil "!!!O que nos vale é que há sempre quem aja e que não se importe com aqueles que só sabem falar .O certo , certo é que as nossas tradições , as nossas festas merecem todo o nosso esforço e ...muito mais !!
    Um grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quina,
      "falar é fácil..." é uma rubrica que também existe na minha terra.
      Mas para que se acordem vontades, vale a pena falar, grave é quando não percebem que falar das coisas que podem melhorar não é dizer mal de ninguém.
      E, neste contexto, vale a pena falar, vale a pena trabalhar, porque por trás das festas há uma história que pertence ao nosso povo e aldeias circunvizinhas.

      Abraço,

      Eliminar
  5. Admiro pessoas que se doam para a comunidade, fazendo obras e trabalhando em prol de todos. O que há muitas vezes há é ignorância, de quem gostaria de ajudar a engrandecer uma festa de igreja ou uma procissão e não sabem como. Sempre vai ter um para apontar uma falha, mas é bom assim há um engrandecimento ou uma melhoria na próxima vez. Adorei a dica que o Xico me deu do vinho quente. Rapaz vou te contar um fato: Quando menina eu era muito magra, e me deram vinho quente com gemada, era para tomar um cálice, mas eu tomei inúmeros, o que resultou uma ataque de figado que me persegue até hoje. Meu pai tomava e dava para nós, água ardente com café preto quente, aqui usávamos graspa feito da casca da uva, para espantar o frio, gente nós parecíamos uns dragão soltando vogo pelas ventas.
    Bjos e tenham uma ótima semana, obrigada pelo carinho.

    ResponderEliminar
  6. Anaja, com respeito desatei na risada.
    Respeito por nao estar bem, mas logo passa.
    Faz parte daqui no seu carinho e nosso orgulho de a considerar amiga.
    Isso nos honra!
    Pessoas nos chamam tolinhos, a mim e Paula, apesar de outros que nos consideram, pelos seus prestimossos comentarios, alguem que luta!
    Criamos no crescimento, amor por este bocadinho, a que nos orgulhamos de pertencer.
    Afinal, pequeno como o querido Portugal.
    Rapariga, tambem conto um facto, malvadez ja houve, daqueles que nao sabem como, nos difamar.
    Mas, na indiferenca e forca dessa ignomia, vamos palmilhando o caminho.
    Assaz dificel, quando as bocas idade media, tudo fazem para salvar os feudos pessoais.
    Agora, Anaja, comoveu a minha pessoa.
    As gemadas. Ovos caseiros, batidos com vinho e acucar.
    Diziam que alem de alimentar, fazia peito, sinonimo de vigor!
    O meu pai tinha esse gosto e quando seis anitos o acompanhava no andar de aguilhada na mao, frente as vacas, fazia intervalo e tomava.
    Uma pessoa amiga, disse para voce tomar cha de sabugueiro.
    Nada tem a perder, da para tudo e ate resfriado!
    E aqui a gente destilando no calor.
    Vale o cha de cevada. A nossa geladinha cerveja.
    Para provocar e animar...

    ResponderEliminar
  7. Mas S. Matias deve estar feliz por tal honra Xico!
    Uma estátua e de pedra... não é todos os dias.
    Gostei de ver ou não nascesse numa região granítica
    Recebi há dias uma poesia de Fornos de Algodres.
    Lembrei-me de si.Se a encontrar quer que a cole aqui?
    Beijinhos e obrigada por tanta simpatia. Deve ser já da Terra...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Coloque por favor, Manuela, seria uma honra para Forninhos.
      Sabe o quanto gosto de Terras do Bouro, a Canicada, Vila do Geres, Pedra Bela, os garranos...
      Santo Estevao, meia hora de Forninhos, bom cabrito assado.
      E aquelas entradas de fumeiro.
      Apenas os familiares vao partindo e menos para a festa de aniversario.
      Ali era por inumeras vezes o local.
      E bonito, por sinal.
      Um beijo, Manuela.

      Eliminar
  8. Ah, agora vi...Nada tem com Fornos de Algodres. E eu insisto!...
    Estive há dias em Sernancelhe, Aguiar da Beira (quinta de Santo Estêvão) Maravilha!

    ResponderEliminar
  9. Olá a todos,
    É muito ingrato organizar uma festa com € ------, mas talvez por isso vivemos a experiência de forma diferente e fico satisfeita por ver que não é vão o nosso esforço e trabalho.
    A escultura é para ser por nós colocada no nicho da Capela pelo 15 de Agosto (a maior festa anual) e quero acreditar que muitos de vós, os que estão mais por longe, não deixarão de estar connosco.
    A festa à Senhora dos Verdes, como sabemos, já perdeu (e tem vindo a perder), devido à componente monetária, algumas coisas, mas a quantidade também não é sinónimo de qualidade. Ora sendo assim, uma boa parte das imagens da nossa igreja, na minha opinião, não devem fazer parte da procissão.
    Apelo à iniciativa do Sr. Pe. Paulo e apoio de todos para que concordem.

    ResponderEliminar
  10. Formar parte de una Comisión de Fiestas tiene un plus de satisfacción y, también, de esfuerzo y gran Trabajo.
    En cualquier caso, siempre se siente uno especial por proseguir la Tradición y el Camino emprendido por nuestros antepasados en beneficio del Pueblo querido.
    Muy bonita la Escultura de San Matias.
    Abraços.

    ResponderEliminar
  11. Gosta deste S. Matias, mesmo depois de alguma pesquisa por parte dos elementos da Comissão de Festas de Forninhos, passou-se da vontade à pratica e à sua concretização, pelo aspeto da obra fico mesmo muito contente pelo aspeto que a mesma apresenta, quase que se consegue de rever nesta obra como ela teria sido no passado, não apresenta uma traça moderna na sua feição das formas, não sou Forninhense, nem nunca me lembro de ver tal figura no local onde estava ou deveria estar, mas digo que esta escultura vai ficar muito bem integrada com o local. Parabéns pela obra.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Da imagem do S. Matias, de pau cedro, muitos de nós, João, não se lembram de a ver nesse lugar ou noutro.
      E, realmente, se pensarem bem, esta escultura, que encaixa perfeitamente no nicho, pois este foi feito à medida, fica lá melhor do que se o Santo fosse feito em madeira.

      Eliminar
  12. Muito bem, estao todos de parabens, suponho que vai ser benzida no dia 15 de Agosto!

    Um abraco de amizade.

    ResponderEliminar
  13. Bom trabalho este em favor de uma comunidade! Os meus parabéns.Nada de desistir!
    um abraço amigo.

    ResponderEliminar
  14. Linda imagem!! E como disse é preciso que a Comissão trabalhe para que haja retorno para à comunidade e parece que vocês estão conseguindo.
    Abraços.Sandra

    ResponderEliminar
  15. A bela escultura que saiu das mãos do artista Laginhas, tem 50 cm, é pesada e será benzida pelo Sr. Padre dia 15 de Agosto (ou antes), até porque é preferível a bênção, ocorrer longe dos “holofotes/microfones”. É a minha opinião pessoal.
    Acresce lembrar que os membros desta Comissão não vivem em Forninhos, mas os nossos objectivos não é só realizar as festas, é também cuidar da conservação e administração dos bens da capela, os quais, integram no seu conjunto, o património paroquial.
    Mas as orientações específicas da administração paroquial é assegurada pelo Sr. Padre, legítimo Pároco da Freguesia, pelo que terá também de cuidar do património paroquial. Assim, mais uma vez, apelo que cuide de não deixar levar na procissão todos os santos e santas da Igreja Matriz (restaurados ou não) e apenas cuide da promoção do culto religioso a N.S. dos Verdes.
    Esta Comissão está dependente das orientações do Sr. Padre (neste contexto). Todavia, a Comissão sendo genuína, porque nomeada pelos membros da Comissão anterior, tudo fará para que a festa a Nossa Senhora dos Verdes corra de feição. No final do mandato, a Comissão prestará contas à comunidade local.

    ResponderEliminar
  16. Pessoalmente compreendo a necessidade dos reparos, melhor, chamada de atencao.
    O Sr. Padre, tem o poder religioso e legitimo. E fazer coisas em prol da sua paroquia.
    Apenas suplico uma coisa, mantenham a tradicao da Festa de Nossa Senhora dos Verdes.
    Faltam as Santinhas de acucar que as meninas punham ao peito.
    Poucos chapeus para colocar a Senhora na sua aba.
    Mas ainda resta a festa religiosa, na fe de quem a tem e respeitada deve ser.
    Depois, muito tempo para a folia.
    Por ultimo, um apelo no S. Matias, ao ser benzido e consagrado, que traga bencaos para Forninhos.
    Precisamos.
    Quanto a Comissao actual, ja disse o que havia a dizer.
    Mas, reparem no rigor e seriedade dos seus propositos.
    Transparencia.
    Votos de felicidade no vosso mandato!
    E viva a festa e siga a banda...

    ResponderEliminar
  17. Bem observado!
    Até acho ser correcto que todas as Comissões gastem hoje o dinheiro sim, mas pensando no amanhã . Mas o que faz a grande diferença entre nós, não é só o gosto pela arte ou seu conhecimento, o que nos diferencia é que nós gostamos de cuidar da conservação dos bens da capela.
    E, como digo, em cima, a minha intenção foi mostrar a quem ainda não conhecia, a escultura de S. Matias, simplesmente porque as pessoas que são de Forninhos, mas que vivem fora por várias razões, têm uma observação e visão da terra mais clarificada e mais objectiva. Não é preciso viver em Forninhos para reparar que há coisas que estão erradas ou certas.

    ResponderEliminar
  18. Boa tarde .A escultura de S Matias esta muito bonita e ficara bem na nossa capela . Eu nao me recordo do Santo que existia antigamente mas acho este muito bonito . Obrigado a comissão de festas pela ideia que tiveram .

    ResponderEliminar
  19. Da minha parte obrigada Manuela pelas tuas palavras de agradecimento.
    Resto de Boa Semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  20. Tive o prazer de assistir a MISSA CAMPAL, da NOSSA SENHORA DOS VERDES. O que me deu muita satisfecao, porque alem do mais; fez recuar a minha mente, mais de 3/4 de seculo.
    Os meus parabens para a Paula e todos os seus parceiros de trabalho.
    Faco votos para que no dia 15 de Agosto seja igual ou melhor, como era habitual.
    Obrigado e um abraco para toda a comissao.
    Jose C. Cardoso (Quinta da Ponte)

    ResponderEliminar
  21. Olá amigos de Forninhos, que bela ficou a estátua de S. Matias! Que o vosso trabalho em defender e desenvolver o património da vossa querida terra seja reconhecido e levado por diante. Desejo-vos um bom fim-de-semana. Beijinhos Ailime

    ResponderEliminar
  22. Obrigada pelo apreço amigos José Cardoso e Ailime. É bom saber que há quem aprecie estas 'coisas'.
    As festas de Forninhos sempre assumiram um papel de vanguarda entre as aldeias circunvizinhas e porque Agosto está prestes, quisemos também neste blog que é o espaço que mais reúne a comunidade forninhense espalhada por todo o mundo (e amigos de Forninhos) dar a conhecer a estátua do S. Matias e para a Comissão de Festas será um orgulho receber no 15 de Agosto os filhos, netos e amigos desta terra.

    Venham daí.

    ResponderEliminar

Não guardes só para ti a tua opinião. Partilha-a com todos.