Seguidores

terça-feira, 6 de abril de 2010

Solene Procissão da Adoração do Santíssimo

Que linda, a Irmandade de Santa Marinha, em duas filas, foi a Procissão de Domingo de Páscoa!

Simplesmente admirável pela imponência, grandeza e respeito!

A Irmandade de Santa Marinha é um ícone imponente e simbólico da celebração de actos religiosos: Festejos em Honra de Santos; Ladaínhas; Funerais, etc.

Aproveito para prestar aqui a minha homenagem aos homens que vestem a opa (capa).

Estas fotos são reveladoras do grande número de "irmãos" da Paróquia de Santa Marinha que incorporou a Solene Procissão da Adoração do Santíssimo e Celebração da Ressurreição de Jesus Cristo.

4 comentários:

  1. Fantásticas estas imagens de colorido da nossa Irmandade.

    cumprimentos para todos
    David

    ResponderEliminar
  2. A Irmandade de Santa Marinha faz parte do património humano da nossa comunidade local e da nossa identidade cultural.

    Esta época pascal ficou também marcada pela Vigília Pascal realizada no Sábado pelo Sr. Padre Paulo, que começou no adro da Igreja à volta de uma fogueira, seguida de procissão para o interior da Igreja. Foram Celebrações muito bonitas.

    ResponderEliminar
  3. A Vigília Pascal de 2010, mesmo que repetida nos anos seguintes, nunca será igual (para mim) por ser um momento único e graças ao Sr. Padre Paulo. Por motivos “técnicos” não me foi possível registar este acontecimento :( para os que não puderam estar, ver como foi.

    Fica, assim, o registo da Procissão da Adoração do Santíssimo, que iniciou o percurso para dar a habitual volta pela aldeia, onde os sinos dão o toque da saída com as nossas gentes a cantar a sua alegria de estar em comunidade, com todos, nesta caminhada Rua acima. Noutros tempos era tradição colocar-se colchas nas varandas e janelas…tradição que se perdeu :(, mas foi bonito ver a D. Augusta (Joana) a deitar pétalas…a Procissão seguiu pela Rua da Junta de Freguesia, Lugar, Ruas características da nossa aldeia, pois sente-se o tempo na pedra que orgulhosamente guarda histórias da vida…e a Procissão regressou ao ponto de partida, onde os sinos deixaram de tocar, pois o Senhor voltou…

    Ficaram também os indícios coloridos e aromáticos, de alguns arranjos florais que foram construídos para este dia.

    Espero ter dado uma visão geral e com sequência, para quem não pôde estar, possa seguir o percurso e alimentar as saudades dos recantos especiais da nossa aldeia, que neste dia ensolarado estava muito airosa, com brilho, arejada e formosa.

    ResponderEliminar
  4. A Vígilia Pascal, consistiu no seguinte:

    Apagaram-se todas as luzes do interior da Igreja e todos foram convidados a iniciar a Celebração no adro da Igreja. O Sr. Padre Paulo abençoou o fogo e as brasas e este fogo foi utilizado para o incenso da missa e foi aceso o círio pascal do ano 2010 depois de ser abençoado. O círio representa Cristo que com a sua ressurreição vem trazer a luz à terra. O recém abençoado círio será utilizado todo o ano, nas várias celebrações como por exemplo nos baptismos (as velas das crianças baptizadas são acesas neste círio), assim como água benzida neste dia (Sábado Santo).

    ResponderEliminar

Não guardes só para ti a tua opinião. Partilha-a com todos.