Seguidores

sexta-feira, 16 de abril de 2010

A Poça da Eira: Lugar Esquecido

O estado em que se encontra o lugar da poça da Eira, apesar de inspirar qualquer visitante mais distraído, é a imagem de uma zona que tem vindo a cair no esquecimento. Apesar da sua proximidade da zona centro da freguesia, continua rumo a um destino fatal se nada fôr feito.


O cenário que se nos depara nos dias que correm é de abandono e de verdadeiro desleixo.

Muitos de vós devem pensar: para quê requalificar um lugar, se depois ninguém lá põe os pés? É uma pergunta legítima, mas a resposta é ainda mais legítima:
No estado em que aquilo está, ninguém se atreve a passar por lá, nem sequer a sugerir uma visita a algum amigo ou conhecido.

Será que é assim tão difícil/oneroso devolver o brilho e alguma dignidade a um lugar que já maravilhou tantos em tempos antigos?

Só para lembrar que o Verão está a chegar…

7 comentários:

  1. em vez de andar a gastar dinheiro mal gasto nos paralelos da capela podiam investir esse dinheiro aqui que era mais bem empregue mas enfim é sempre a mesma coisa passa o tempo mas não os hàbitos.hà tantos lugares na freguesia de forninhos como este que estão mais nessecitados mas os espertos lebraram-se de ir fazer um passeio ou como se chama aquilo mas enfim é sempre a mesma coisa .

    ResponderEliminar
  2. Pois é Luís, não sei se sabes, mas Câmara Municipal de Aguiar da Beira, que generosa (como sempre), só tem ajudado a descaracterizar o nosso património, foi quem “ofereceu” os paralelos para o passeio do Terreiro da Senhora dos Verdes.Estranho é esta Câmara ultimamente oferecer à nossa freguesia tantos paralelos…”cheira-me a esturro" e que alguém deve andar a receber uma bela comissão!
    A Câmara em vez de andar a incentivar a descaracterizar o nosso património e a gastar o dinheiro dos Contribuintes (só para ficar bem na fotografia) deveria, porque lhe compete, gerir as suas Freguesias e estas deveriam providenciar era que os diversos caminhos que existem nas ruas de Forninhos fossem calcetados e providenciar iluminação pública para os mesmos. Mas já diz o ditado: “o maior cego é o que não quer ver”.

    Este lugar bem situado, porque a poucos metros do Centro da Freguesia, tem potencialidades para se tornar num sítio de lazer, quer para crianças e adultos, mas parece que não faz parte das linhas de acção da JF- existem outras prioridades!! Estranho é que fotografias deste lugar não aparecerem na página da Junta e com toda a certeza também não irão aparecer nos famosos Boletins Semestrais da CM AGB.

    ResponderEliminar
  3. Pois esperemos que ao menos que este lugar se mantenha como o Sr. Melo o deixou (limpo) que não o deixem encher de silvas como estava alguns anos atrás.

    ResponderEliminar
  4. No mínimo...
    E ainda foi tido o cuidado de não publicar aqui o estado em que se encontra a Fonte do Miguel, praticamente soterrada e cheia de ervas!!!
    Passem por lá e vejam!

    ResponderEliminar
  5. Estas fotos trazem grandes recordações pois este é um lugar que eu gostava de ver arranjado, pode ser que alguém se lembre de o fazer. Este ribeiro que passa na nossa aldeia merece algum carinho. Espero que não o deixem degradar ao ponto de ficar cheio de silvas e ser uma lixeira como foi durante alguns anos.
    Um Abraço
    Iracema

    ResponderEliminar
  6. Eu também tenho muito carinho por este lugar. Lembro-me em criança, todas as tardes, lá ía a malta praticar ali uns mergulhos e trabalhar para o bronze...Ah! pois, até dava para estender a toalha naquela relva...depois uns dia a malta apanhou uma frebre "febre da malta", porque naquela relva também era habitual haver por ali cabras a pastar...então...ficamos todas doentes, mas ficaram as boas recordações :))

    Estas poças antigamente eram períodicamente limpas, a água servia para regar os campos...Depois foi o abandono, transformaram o lugar numa lixeira a céu aberto que só há bem pouco tempo foi limpo e foi devolvido algum brilho...Não consigo entender porque a Junta não deita a mão a este Lugar. Porque não o requalifica. Acho que os forninhenses merecem que não se ande ao sabor da vontade partidária. Ultimamente uns fazem, outros desfazem e voltam a fazer. Podia dar N exemplos, mas basta referir o último melhoramento! Temos uma Rotunda que no espaço de 8 meses foi arranjada 2 vezes. Tá bonita, certo! Mas...o real problema de fundo foi resolvido? Porque não cuidaram do jardim que plantaram em Julho último? Naquele sítio (hoje rotunda), antes era um cruzamento. Na altura também ali foi feito um jardim, havia árvores que se fossem cuidadas hoje teriam um quarto de século!!! Pois é...mas uns plantam, outros tiram; outros voltam a plantar, outros tiram e voltam a plantar...é só um pequeno exemplo de como gastam o dinheiro público e da importância que dão às coisas.

    ResponderEliminar
  7. Boa noite Paula, fui mesmo de encontro ao que disse neste seu "post"! O lugar é mesmo lindo! Só quem ama a natureza pode entender a revolta que se sente por não ver estes sítios valorizados!
    Outros interesses se levantam!
    Não sei se existe na vossa aldeia um grupo associativo ou movimentos culturais que possam diligenciar junto dos pelouros respectivos na Câmara Municipal para pressionar no sentido dessas situações serem resolvidas!
    Beijinhos e força! Ailime

    ResponderEliminar

Não guardes só para ti a tua opinião. Partilha-a com todos.