Seguidores

quarta-feira, 30 de setembro de 2015

Rochas da Serra de S. Pedro


Acho que toda a gente gosta de ver certas rochas, por isso hoje trago-vos uma pequena exposição de rochas muito interessantes que nós temos na serra de S. Pedro, em Forninhos, rochas que parecem caras e outras animais, que poderiam ser assinalados como referência para os visitantes e também ser aproveitadas para fazer uns postais. Exemplos: se repararmos nos postais turísticos da Serra da Estrela, a imagem mais destacada é a 'Cabeça do Velho" seguida da "Cabeça da Velha".
Nós também temos "O Velho" e outros...


Este conjunto de rochas de homens tem encantado dezenas e dezenas de visitantes/caminhantes. Quiçá seja o retrato dum povo que ali viveu há muitos séculos ou milénios.  Avista-se do caminho de S. Pedro.
Mas do outro lado já parece uma manada de animais.


E esta a seguir? Não parece um crocodilo ao sol? Só que aqui não há crocodilos pode ser um lagarto gigante!


Também temos um tubarão


e uma metade de pão tipo cacete!


Já esta é designada como "Penedro do Gato", que se pode avistar do caminho dos "Cuvos Cimeiros", na penedia das "loijas".


Do nosso concelho talvez sejamos a aldeia com mais variedade destes elementos graníticos naturais e lendas a eles associadas, como a "Cadeira do Rei", que já a contei AQUI e que deve ser tão antiga como a própria ocupação humana, mas existem rochas como as aqui postadas que sugerem formas e figuras e tal como os nossos antepassados o fizeram, cabe-nos também a nós marcá-las.
Às vezes já me custa apresentar aqui ideias, pois todas elas caem em saco-roto, ainda assim fica a ideia.

30 comentários:

  1. Boa Noite, Paula!
    Fotos muito bonitas, gosto de paisagens com rochas, pedras...
    Pois é, suas ideias são boas e devem ser levadas à realizações...
    Beijos e abraços...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um conjunto de fotos já publicadas n' O Forninhenses; fotos que fizeram o favor de me enviar, para divulgação e serem assinalados. Sugiro agora a edição de uns postais... "A ver vamos como diz o cego"!
      Beijos.

      Eliminar
  2. Puxa,Paula! Que maravilha isso! Adorei ver! E as pedras passam uma força que todos precisamos! ADOREI! BJS, CHICA

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por falar em força...conta-se que em tempos antigos habitava esta serra um povo mouro e um tio meu por causa destas enormes pedras dizia que devia ter mais força um mouro do que três juntas de bois!
      Bjos.

      Eliminar
  3. Belas paisagens, com pedras/rochas, em variadas formas. Elas embelezam tanto, o ambiente! Gosto, quando faço as minhas postagens podendo ilustrá-las com fotos onde aparecem rochas, principalmente as que tem forma de animais. Gostei muito, Paula. Meu abraço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente por toda a nossa Beira granítica podemos ver muitas formações rochosas que têm a forma de animais. Até há lendas relacionadas com algumas dessas rochas que são protegidas mesmo quando há alargamento de estradas, devido à sua beleza e tradição secular!
      Retribuo o abraço!

      Eliminar
  4. É interessante dar a conhecer!
    Já estive na cabeça da velha!
    Pessoalmente encanto-me sempre com a forma destes rochedos!
    Bom fim de semana!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São rochas de encantar, mesmo!
      Se quiser conhecer mais, é só clicar na etiqueta "A Nossa Serra", lado direito da página.
      Bom fim de semana!!!

      Eliminar
  5. Pedras da minha Vida...
    Resguardei-me em ti e ao rebanho...
    Em noite de trovoada...
    Pedras do meu amanho...


    Pedras da minha Aldeia...
    Carregadas de emoção...
    Lá longe vejo o Rio...
    Nesta terra do Dão...


    Pedras de Saudade...
    De ti guardo recordação...
    Era puto e descalço...
    Que pobreza que comoção...


    Escondes o meu passado......
    Nas cinzas de um desastre...
    Morreu um pai poeta...
    Não cheguei a tempo do seu resgate...


    Forninhos terra de bem...
    Ri-te e abraça o teu Rio...
    A Morte não apaga...
    Os bisnetos de fio a pavio....



    Pedras de histórias e paixão..
    De beleza e recordação...
    Oxalá Deus as proteja.....
    Das cinzas da incompreensão...

    Abraços
    AMG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostei do seu poema.
      "Resguardei-me em ti e ao rebanho...
      Em noite de trovoada..."
      Verdade isso.

      Abraço.

      Eliminar
    2. Paula e Xico:
      São memórias daì e de lá dos bisavós dos meus filhos...

      De lá , sem rebanho , no lugar do Poiso , com frio e nevoeiro
      o pai do meu pai " Francisco, o Mandioca" atravessava a Ilha a pé
      encosta acima , encosta abaixo , com ovos , galinhas e milho , para
      alimentar os filhos ...no cimo da cidade !! Decorria a Segunda Guerra Mundial...o meu tio , nascido em 35 , estava com os avós , no interiror, o meu pai , nascido em 37, estava com o pai e mãe , mais perto da cidade....depois nasceram as minhas tias...( todos ainda vivos na Graça de Deus........!! )

      A noite e o nevoeiro. caiam e o " Mandioca" com pouco mais de 1, 60 de altura , rijo e esforçado , amparava-se no rochedo , no Poiso , no Pico mais alto , do seu ir e vir ao Arco S Jorge, seu lugar de nascença....
      Ali esperava pelo nascer do Sol....

      Morrru em Outubro 88 ,no ano em dormi pela primeira vez na casa da ti Lurdes , no C Redondo e conheci o " amigo " Zé António !!
      Cheguei de noite e a ti Lurdes , sem saber se eu era grande ou pequeno,
      moreno ou branco , acordou-me : "...... então menino , são horas de acordar....!!! " A partir desse dia as histórias daí , longe no Dão ,com azeite e pão , revolta e razão....cruzaram-se com as histórias de lá, entre os rochedos , mas sem rebanho !!

      Abraço
      AMG

      Eliminar
  6. Como diz o Sr. Gouveia e bem, pedras de historias e paixao...
    Um dia, ainda poucos anos atras e na celebracao do imposto dia da freguesia em que eram mostrados supostos achados historicos nesta serrania, tal vilania contestei e tal deu azo a um desaguisado ao ponto de um senhor entre outros me intempestivamente me interpelar o que conhecia eu da serra de S. Pedro.
    Mais que ele, respondi, apesar de ter quase idade para ser meu pai. Podia ele conhecer os pinheiros que resinava por conta de outrem, mas eu conhecia cada fraga, a sombra que devia escolher para dormir a sesta fresca, sendo que o meu pai preferia o aconchego da caruma e a sombra dos pinheiros. Por ali dormimos os dois noites seguidas, sendo que durante o dia pouco me diziam estes monumentos de granito, a mim e aos meus mal feitos seis anos de idade, cansado de andar na frente de uma majestosa junta de vacas, mas um chamariz para as cotovias e tajasnos, para tal bastando uma pazada de terra e um bom custilo...
    Mas a noite sim. Deslumbrante e simultaneamente medonha num tremelicar das pestanas que pareciam erguer e desafiar os ceus estes calhaus.
    Uma espiral de sombras em noites de lua cheia que lhes davam uma vida cheia de misterios e lendas. Andavam com vida ao sabor da lua ou entao dancavam ao sabor do vento, mas que tinham vida, tinham.
    Um castelo aberto mas acolhedor para as suas tropas compostas de alcateias de lobos, raposas...e pastores. Casa das gentes serranas estes penedos.
    Contou o meu pai que apenas uma vez teve medo na serra.Noitinha, tinha as ovelhas ja recolhidas e guardadas na corte em plena serra, pois ali ficava dias e dias e eis que se alevanta repentinamente um vento forte dos lados de Penaverde. Vai ver se a porta do casebre estava bem segura e eis que na sua frente passa voando, uma "coisa". "Ela subia, descia, bailava". Bruxaria, pensou, ou entao as moiras encantadas ou o proprio demo.
    Por cautela e pensando o pior, procurou o seguro de uma cavidade destes penedos. Quem os poderia levar?
    Ao raiar do sol, saindo da lorca aonde mal havia pregado olho, depara com uma folha amarelecida e raquitica de um jornal que mais tarde veio a saber ter sido deixado por um almocreve que desse modo embrulhava os seus venderes.
    O ti Sebastiao dos lados de Moncorvo.
    Por mim nativo, durante tempos e depois de aprender a ler, tive a mania de escrevinhar umas quadras em louvor de ...tantas coisas, mas homenagem pela serra que deixava nos buracos dos penedos.
    Na falta de mar, serviam estes como as garrafas de mensagens.
    E como nas redacoes da primaria, eu gosto muito da minha serra e suas penedias.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As nossas serranias são o "nosso mar"...que nos dá a força que precisamos (como disse acima a amiga chica)!
      Gostei de saber desse almocreve dos lados de Moncorvo. Eu não me lembro ver almocreves em Forninhos. Almocreve... só me lembro do Malhadinhas do Aquilino Ribeiro, que não tinha quaisquer problemas em usar a "faquinha" para corrigir o que entendia ser injusto. Tu também fazes bem em usar esta ferramenta para defenderes o que achas injusto. Parabéns!

      Eliminar
    2. Tinha morrido uma HEROÍNA ...

      Senti-me numa ilha , sendo ilhéu ,tive medo..." do vosso mar"...
      Escuro , noite , lágrimas e desalento...uma viagem longa, depois do trabalho...de comboio, mais trinta minutos de carro ....sem ninguém pela estrada...!! As pedras , a Anta , Fornos....as curvas..e ribeiros ..

      A madrugada trouxe-me a um sítio que jamais imaginaria vir a gostar,
      uma casa pobre por cima , animais por baixo,.não dormi, os sinos tocaram,.um povo guardando os rebanhos nos casebres, revolta e dor..
      Pão de azeite , mel e bagaço, café quente , fartura , ....caldo quente , confortam o desgaste.! A dor...desorganização , desaleto ....

      Morreu a HEROÍNA , que o destino não quis que eu aprendesse a admirar...mas sei que era uma HEROÍNA , naquela" ilha" , na " vossa ilha "....naquele lugar onde " ...eu tive medo da serra ..." !!

      Só via luzes. perdidas no cimo, na escuridão , dizem-me : .." é a Matela ..!! " Porquê a Matela ?? Porquê Colherinhas ?? Daqui não se vê , diz alguém apontando o dedo noutra direção . Colherinhas ..que também chorava áquelas horas...e partimos de comboio , de regresso á vida , uns para longe , outros para mais perto , enfim , cruel a morte , sendo a coisa mais justa da. VIDA !!

      Em silêncio partimos.....podia ter aprendido muita mais....se aquela MULHER me deixasse , a espaços, semear com ELA !!
      O milho e a batata...

      Forninhos , Primavera de 1989 ???
      Forninhos , Dezembro de 2004 , recebo o telefonema da morte ( esperada ) de minha MÃE ...parti para o seu Adeus mesmo sendo dia de Natal , mesmo precisando de um dia para lá chegar , um voo , uma aterragem e ....e mesmo contra a vontade da cruel frieza de quem não sabe SER MÃE !

      Paz ás suas almas ! Partiram cedo demais... fizeram muita falta para semear milho e AMOR que tanta falta fez !! Entre os pedregulhos da Vida ...as suas ausências tornaram insustentáveis os seus lares. Que injustiça....

      Abraços
      MG

      Eliminar
    3. Peço
      Ao autor sem nome que me acusa de assaltar o meu PAI ..( neste blog há poucos dias ) in " Valagotes"
      que reafirme aqui o que escreve atrás, e , faça como eu, ponha o seu verdadeiro nome e BI ....
      Aquilo que escrevi assumo INTEGRALMENTE !!!!
      E provo com videos , fotos e testemunhas ( Agosto / 2006 o assalto da minha vivenda ) ......e Alienação Parental grosseira !!!!
      O assalto do meu PAI que diz que eu estive envolvido ....vai prová-lo ...

      Obr
      AMG

      Nota.

      Peço desculpa aos " autores" deste blog Paula e Xico Almeida e restantes participantes !!
      Têm o meu numero de telefone ...querem saber a VERDADEIRA HISTÓRIA.....basta um sms com a morada para enviar o m/ livro " EMANUEL O SACRISTÅO DA BOA ESPERANÇA " e perceberão ....tudo e porque perdi os meus filhos !!!!!

      Existem familias onde VALE TUDO !!
      .......E não aconteceu mais tragédias , além das que vocês conhecem , porque o " pequeno chumbo " da pressão do ex combatente , fez recochete e bateu a milimetros do olho....sabem de quem ??
      Perguntem ao Julio " Grilo " .....aconteceu aí no Serrado !!

      ( tenho quatro sms da minha familia de 27/9 ( 50 anos ) para apresentar junto da queixa que avançarei mesmo sem identificação...deste " cabaça" !?

      Bem haja Forninhos. Desculpem !!


      Eliminar
  7. Adoro esses Penedos/rochas com formas que nos levam a descobrir semelhanças.

    Apenas conheço a cabeça da velha, possivelmente a mais comum.

    Obrigada por esta partilha valiosa.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Serra da Estrela é fértil em formações rochosas e rochedos famosos, mas em Forninhos e arredores também há muitas rochas com formas muito interessantes e muito bonitas, só que como não são divulgadas apenas são conhecidas por nós, daí esta partilha.

      Beijinhos.

      Eliminar
  8. Boa noite Paula, adoro esse tipo de pedras, ou rochas! São lindas e merecem bem ser marcadas!
    Não desista das suas intenções. Como diz o ditado " agua mole em pedra dura tanto dá até que fura".
    Desejo-lhe um bom fim de semana.
    Beijinhos ,Ailime

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há umas duas ou três eleições autárquicas passadas, já foi prometido trabalhar no sentido de valorizar S. Pedro e zona envolvente, mas como promessas é fácil fazê-las...passado um tempo a desculpa é sempre a mesma: não há dinheiro!
      Acho eu é que não há interesse nem a disponibilidade é a maior, porque elaborar uns postais fotográficos tem custos mínimos!
      Bjos e bom domingo!

      Eliminar
  9. Incrível!...Belas rochas, Paula!
    Como se de verdadeiras esculturas naturais se tratasse... Muito interessante também a lenda d'A Cadeira do Rei.
    Tens muita razão, essa rota da Serra de S. Pedro deveria ser bem assinalada e publicitada, não só aqui no blog, mas também de outras formas.Vocês estão a fazer a vossa parte, e os postais seriam uma grande ideia, não só do ponto de vista dos visitantes, mas como forma de documento que ficasse como forma de comparação para o futuro.
    Gostei muito de conhecer as formações rochosas, porque só conhecia as da Serra da Estrela, de uma visita que lá fiz, e é como dizes, as da Serra da Estrela estão muito divulgadas.
    Bom fim de semana!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Laura, nesta serra poderemos encontrar o que muitos autarcas gostariam de ter para desenvolver a sua região: beleza granítica, lendas mitos, história...mas como não devemos deixar só nas mãos dos outros a defesa daquilo de que gostamos, n' O Forninhenses fazemos o que podemos!
      Em 2006 foi criado um blog destinado a (per)seguir a Junta de Freguesia Forninhos; em 2009, ano de eleições autárquicas, transformou-se num meio de apoiar uma candidatura, então decidi-me por um novo blog aberto a todos para valorizar a nossa história e o nosso património. É basicamente por isso que desde o dia em que o Forninhenses surgiu na blogosfera ando a pregar no deserto!

      Bom resto domingo.

      Eliminar
  10. Olá, Xico!
    A natureza oferece-nos verdadeiras obras de arte ... de graça!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, há história e património que se pode visitar sem pagar!
      Beijinhos.

      Eliminar
  11. Oi Paula!
    Que bonita essas formações de rochas, eu sou dessas que adora essas paisagens com rochas em formatos de bichos, ou pessoas, acho verdadeiras esculturas e que nos aguça a imaginação. Aqui no nosso estado também temos rochas que chamam a atenção pela semelhança com amimais e outras coisas, "a pedra da galinha choca" em Quixadá é enorme, se avista de longe e é uma galinha no ninho, perfeita.
    Adorei o post, com lindas imagens.
    Beijos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa "galinha choca" deve ser um símbolo de grande importância!
      Os que aqui apresento não se avistam da estrada local principal, mas ainda que se avistassem, acho que os forninhenses pouca ou nenhuma importância dão a estes símbolos, pois lembro-me que aquando do alargamento da estrada local mesmo contra a vontade de alguns, destruiu-se um penedo em granito que tinha a forma de uma francela, que é um utensílio artesanal utilizado no fabrico do queijo, sendo este utensílio em granito uma raridade. "A francelinha" era visitada por muitos que ali passavam, mas hoje não passa de uma recordação de todos quantos por ali passaram.
      Beijos.

      Eliminar
  12. Que maravilha a natureza oferece-nos muitas vezes estas belas formações rochosas e depois a nossa imaginação faz o resto.
    Belas fotografias.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, nos territórios graníticos, como o de Forninhos, os rochedos são como as nuvens, com formas sempre sugestivas para a imaginação humana.

      Abrç/Bom domingo!

      Eliminar
  13. Eu gosto de visitar os Penedos, e tentar adivinhar a sua história.
    Um abraço e uma boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também faço o mesmo.
      Uma vez fotografei uma pedra que chamam “pedra do berço” e imaginei logo que essa pedra podia ser um dos símbolos da nossa serra e terra, mas parece que não...não tem uma história/ou/lenda a ela associada :-((
      Beijos&Abraço.

      Eliminar
  14. chichandbagnews http://www.chichandbagnews.com
    2015chichandbag http://www.2015shoplvbags.com
    lv handbag shop   http://www.2015chichandbag.com
    louisvuittonstore   http://www.2015lvhandbagshops.com
    charming bagshops http://www.2015louisvuittonshop.com
    michaelkorsmks http://www.backpackbagchanels.com
    parajumpersoutletcollection
    chanelshops   http://www.michaelkorsmks.com
    shopslvbag   http://www.hollisteroutletestore.com
    cocobagsale   http://www.parajumpersoutletcollection.com
    cocobag absolutely stunning http://www.lvbagukshop.com
    cocobagsaleonline http://www.2015chanelshops.com
    jacketsalemalls hot sell http://www.2015cocobag.com
    Love your handbag http://www.2015shopslvbag.com
    bagoutlet http://www.2015louisvuittonlvbag.com
    globalhandbag   http://www.2015cocobagsale.com
    Like your style!Click us with popular fashion accessories
    tophandbag   http://www.2015baglvlouisvuitton.com
    louisvuittonhandbag http://www.2016bagshop.com
    Exquisite luxurylv http://www.2016handbag.com
    bagshoeshop http://www.cocobagsaleonline.com
    monclershopitaly http://www.onlinecocobag.com
    louisvuittonshop http://www.jacketsalemalls.com
    nobiscashops http://www.monclerujacket.com
    louisvuittonbag http://www.shoeshopsfitflop.com
    dresspecialsuk  http://www.shopchichandbag.com
    shopchichandbag  http://www.2016bagoutlet.com
    monclerujacket  http://www.dresspecialsuk.com
    onlinecocobag  http://www.2016louisvuittonbag.com
    2016handbag  http://www.nobiscashops.com
    handbagstyleinfo  http://www.2016louisvuittonshop.com
    Love your style you look gorgeous!Share collocation more popular fashion accessories!
    2016bagshops  http://www.2016bagshops.com
    nobiscashops http://www.monclerujacket.com

    ResponderEliminar

Não guardes só para ti a tua opinião. Partilha-a com todos.