Seguidores

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

As Feiras do Queijo e dos Pastores da nossa terra!

Aquilino Ribeiro resumiu numa só frase o sentimento dos seus conterrâneos em relação ao queijo «Um pipo de vinho, uma bola centieira no saco e um queijo das cabras, basta-lhes». Serve este mote para introduzir mais uma edição de Feiras anuais do Queijo e dos Pastores da nossa região e convidar-vos a provar o pão, queijo e vinho regionais e fruir a paisagem desta terra e região rica em património paisagístico e monumental. O artesanato também é um bom atractivo. 
Agendem: 
No fim de semana de Carnaval vai realizar-se a III Feira Regional do Queijo Serra da Estrela, organizada pelos municípios de Seia, Gouveia e Fornos de Algôdres, e que este ano terá lugar no mercado municipal fornense, e a XXII Feira do Pastor e do Queijo de Penalva do Castelo ou de Castendo, começa já esta Sexta-Feira, dia 1. Um pouco mais tarde, dia 27 de Fevereiro, terá lugar a Feira do Pastor e do Queijo da Serra no Mosteiro, Penaverde (Aguiar da Beira), que  este ano comemora 30 anos.




O cartaz da III Feira Regional do Queijo da Serra da Estrela está disponível no blog Aqui d´Algodres e no sítio da Câmara Municipal de Fornos.
O cartaz da XXII Feira do Pastor e do Queijo de Penalva do Castelo podem vê-lo no sítio da Câmara Municipal de Penalva.
Como o cartaz da Feira do Pastor e do Queijo da Serra, no Mosteiro, que este ano comemora 30 anos, não o encontrei em sítio algum, trago-vos três fotografias tiradas no mercado fechado da Feira Nova, no Mosteiro. 
Alguém se reconhece ou reconhece alguém? Fica o desafio.

24 comentários:

  1. "Bom dia e um queijo da serra..."
    Sem dúvida que estes eventos, servem para preservar e projectar este produto único e mundialmente conhecido.
    Simultaneamente, além de feira, uma festa, onde entra o queijo,o pão e o vinho, mas também artesanato, por vezes mostra de cães e ovinos, em regra, com grande animação.
    Mas o município de Aguiar da Beira, prima pela diferença, para variar.
    É intolerável que não haja ainda divulgado o cartaz da Feira do Mosteiro e o publicitado.
    Também fiz uma pesquisa e nada encontrei.
    O jornal Interior/Diário da Guarda, na sua edição da semana passada, fala destes eventos e menciona as respectivas datas, no que respeita ao Mosteiro, apenas menciona que será um pouco mais tarde.
    Há minutos atrás, contactei uma pessoa de Moreira/Penaverde que tem um estabelecimento de restauração, por curiosidade e na hipótese de que tivesse afixado algum cartaz.
    A pessoa, simpática apenas me disse:
    - Olhe caro Senhor, ainda ontem aqui falamos da Feira e apenas consta que deverá ser no final do mês que vem, mas se quiser ligar daqui a uns dias, ligue que eu vou-me informar.
    Boa gente!
    Quanto ás fotos, apenas na primeiro penso reconhecer o Alfredo, a Joana e parece-me a mulher do Tio Porfirio Fôrra.
    Mas aposto em que no meio da multidão, arrumados a uma mesa e copo de tinto na mão, lá estará o Zé Coelho e o Martinho...

    ResponderEliminar
  2. Maravillosos Eventos que sirven para poner en auge a profesiones y productos que son exclusivos de ciertas tierras y que deben prevalecer a través de los Tiempos.
    Muy buen Post.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  3. Apraz-me a visita de pessoas de outras terras, regiões e países e tal incentiva-me a melhorar a qualidade dos posts.

    Xico, não te admires com o que não vês o Município de Aguiar da Beira fazer! Agora o que importa é saber que esta feira se mantém e ainda lá vai muita gente. De Forninhos, além da tia Glória e do casal Alfredo e Joana, quem olhar com atenção reconhece outros…o Martinho e tio Zé Coelho estão lá de certeza lol

    ResponderEliminar
  4. Noooooooossa!Que legal!! Mostris pro meu marido e ele ficou lembrando dessas na Itália! Lindo isso! beijos praianos,chica

    ResponderEliminar
  5. "Recordar é Viver".

    Continuação de boa praia :))

    ResponderEliminar


  6. Paula , gostei de ver...e de certeza que os petiscos estavam óptimos .

    Beijinhos
    Quina

    ResponderEliminar
  7. Por aqui, não perco meu pastel de queijo na feira de domingo. Porque ele é imperdível.
    Grande abraço, Paula. É sempre uma honra e um aprendizado vir aqui.
    Gilson.

    ResponderEliminar

  8. Por falar em pastel de queijo. Há alguma pastelaria de Aguiar da Beira, Penaverde, Fornos ou Penalva que venda o “pastel de queijo da serra”?
    Acho que não.
    No que toca a pasteis, as pastelarias de Penalva do Castelo sei que vendem muito bem os pastéis de feijão, uma especialidade deste concelho. Isto poderia ser aplicado também ao queijo da serra, diigo eu, que nem gosto de queijo e o mais certo era não os provar, mas fica a sugestão...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui ha tempos a "Quinta das Courelas" em Fornos apresentou um pastel, ou bolo de requeijao, ou queijo, ja me nem lembro, mas como nunca mais falaram disso, nem sei se continua a ser feito!

      Sao ideias desse genero, que eu apresentei ja ha muito, por isso me chamaram "sumidade"!!!

      Eliminar
    2. Realmente lembro-me das ideias por si apresentadas e afirmação.
      Aqui há muitas pastelarias a vender os bolinhos de queijo, nunca os provei porque como não gosto de queijo fico sempre naquela...mas são uns bolinhos que têm muito bom aspecto.
      Pode ser que um dia o bolo de queijo da serra seja servido nas pastelarias das nossas terras e região.

      Eliminar
  9. XicoAlmeida1/30/2013
    Nem vejo do Município, já nem ovelhas em Forninhos vejo.
    Há anos atrás, recordo que manhã cedo, lá se botavam para as feiras mais próximas os homens com os canastros de queijo, de ovelha, cabra, mistura e até de vaca.
    Tinha de ser cedo, porque por volta das nove da manhã quem tinha de vender já tinha vendido as arrobas que levava. O resto do tempo era para alguma compra, para a marrã e para a pinga.
    Muitos quando chegavam a Forninhos, vinham de camioneta mas também já traziam a "carroça".
    Era diferente destes eventos.
    Mas agora estou é preocupado com o Martinho e o Zé Coelho; não os vejo em lado nenhum...
    Com certeza ainda tomaram o mata-bicho na taberna do Zé, mas espera, agora acho que os estou a sentir a "abrir" na "mecha", Prado fora...
    Nem se fazia a festa!

    ResponderEliminar
  10. Nota – No cartaz da “feira de Fornos”, pode ver-se ovelhas, para mim é o cartaz mais bonito, mas o que ouço dizer há muito tempo é que o município de Penalva é quem melhor promove o queijo, a par da maçã do bravo Esmolfe e dos pastéis de feijão de castendo.

    ResponderEliminar
  11. Encontrei um poema de autor desconhecido, que no fundo é a homenagem simples mas real, ao pastor e à queijeira, pois o queijo não nasce nas bancas das feiras. Teve o seu percurso!
    Tal percurso, que o levou a ser nomeado uma das 7 Maravilhas da Gastronomia em Portugal em 2011.

    Deixa-me apreciar o teu sabor...
    Não importa o trabalho que causais:
    Do pastor á ordenha, é o pastor,
    que suporta frio, calor ou temporais.
    E a queijeira, com suas mãos de fada
    Coalhando o leite, junta cardo e sal.
    Com essas mãos, quentes ou esfriadas,
    Vai moldando o queijo em "manjar real"...
    É o tempo, são os ventos, é a aragem,
    amaciam, endurecem - é a secagem,
    É a época, é o pastor, é o gado...
    É de todo este conjunto que provém
    Queijo da Serra, sem rival, aqui e além...
    O melhor que no mundo é fabricado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Lindo poema, bem haja por divulga-lo caro Xico Almeida.

      Um abraco.

      Eliminar
  12. CARTAZ DA FEIRA DO PASTOR E DO QUEIJO EM PENALVA

    Dia 01/02/2013 (sexta-feira)

    8.00 Horas - Abertura da XXII Feira/Festa do Pastor e do Queijo.
    9.00 Horas - Arruada pela Banda Musical e Recreativa de Penalva do Castelo.
    10.00 Horas - Actuação do Grupo de Cantares "Pena Alba".
    10.50 Horas. Actuação do Grupo Cantares de Pindo.
    11.00 Horas - Recepção ás entidades oficiais (Paços do Concelho).
    Visita á Feira do Queijo e mostra de artesanato.
    Visita à exposição de trabalhos escolares.
    11.30 Horas - Actuação da Tuna de São Martinho de Pindo.
    12.15 Horas - Cerimónia com intervenção das entidades oficiais.
    13.00 Horas - Almoço/convívio e Prova de Queijo Serra da Estrela, vinho "Dão Penalva do Castelo" e maçã Bravo de Esmolfe.

    Dia 02/02/2013 (Sábado)

    11.30 Horas - Exposição/venda de produtos regionais, vinhos do Dão de Penalva e artesanato (Largo do Pelourinho).
    12.00 Horas - Prova de Queijo da Serra, nos restaurantes aderentes à iniciativa "SABORES DE PENALVA": "Churrasqueira" e "O Templo".
    14.30 Horas - Visita guiada à queijaria da Casa da Ínsua (concentração junto ao antigo edifício dos Paços do Concelho).

    Dia 03/02/2013 (Domingo)

    8.30 Horas - Passeio BTT "Rota do Queijo"(organizaçao dos bombeiros voluntários de Penalva).
    11.30 Horas - Exposição/venda de produtos regionais, vinhos do Dão de Penalva e artesanato (Largo do Pelourinho).
    12.00 - Prova de Queijo da Serra nos restaurantes aderentes à iniciativa "SABORES DE PENALVA": "Café Concerto", "Carneiro", "Conquista Talentos", "Familiar","Hotel Charme Casa daÌnsua", "Parque de Santiago" (Mareco), "Pizzaria da Lameira", "Santo Ildefonso" e "Snack-Bar 259".
    14.30 Horas - Visita guiada à Queijaria de Germil (concentração junto ao antigo edifício dos Paços do Cconcelho).
    Atenção que para visitas guidas, é possível efectuar as inscrições através do e-mail:
    gab.comunicacao@cm-penalvadocastelo.pt

    Caros Forninhenses, têm à mão um belíssimo programa de fim de semana.
    Desfrutem




    ResponderEliminar
  13. Paula,

    Que maravilha de feira. Amo queijos e iria amar poder ir à uma exposição dessas. Os queijos brasileiros também são ótimos, os daqui, nem tanto. Nem tudo é perfeito. Rs
    Obrigada pelo carinho lá no blog. Você acertou, jamais me deixo vencer por nenhum tipo de doença ou problema. Estou bem, graças a Deus.
    Um lindo final de semana. Beijos

    ResponderEliminar
  14. Tenho algumas dúvidas e fico grato pelo esclarecimento das mesmas.
    Respeitante ao concelho de Aguiar da Beira, segundo apurei, estão classificadas como DOP (Denominação de Origem Protegida), as freguesias de Carapito, Cortiçada, Dornelas, Eirado, Forninhos, Penaverde e Valverde.
    Será por estas freguesias, estarem mais viradas para serra, pelo microclima, pelo tipo de pastagem?
    Nestas Feiras que já decorrem (Penalva do Castelo) e que irão decorrer neste mês, apenas se pode comercializar o Queijo Serra da Estrela ou também o Queijo da Serra (queijo de ovelha), não certificado?
    Poderá ser mais conhecida, a ovelha de raça Bordaleira Serra da Estrela, mas também existe e é conhecida a de raça Churra Mondegueira.
    A Churra Mondegueira face a esta designação, terá maior predominância nas pastagens circundantes ao rio Mondego?

    Um abraço a todos

    ResponderEliminar
  15. Gostava de saber responder a todas as tuas dúvidas, mas não sou pessoa mais indicada, pois nem sequer gosto de queijo.
    Mas no caso das freguesias de Aguiar da Beira acho que tem a ver com o clima, sim. As restantes não foram incluídas na região do queijo devido ao clima seco e frio da Serra da Lapa, daí ser diferente a qualidade das pastagens e do queijo, claro!
    Como será agora com a "União de Freguesias de Souto de Aguiar da Beira e Valverde"?
    Quanto ao nome do queijo, reparo que em Penalva não se diz Feira do Pastor e do Queijo da Serra (ou da “Estrela”). Só "Feira do Pastor e do Queijo".Talvez seja comercializado todo o tipo de queijo. Não sei. A tua prima Iracema é que podia dizer-nos (se quiser e se lhe der jeito, claro!).
    A do Mosteiro acho que também é assim que é divulgada. Diferente, já é a Feira Regional do Queijo da Serra da Estrela, organizada pelos municípios de Seia, Gouveia e Fornos de Algôdres, e que este ano terá lugar no mercado municipal fornense.
    De ovelhas nada percebo.

    Abr./Paula

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto a razao porque nem todas as freguesias de Aguiar da Beira estarem incluidas e precisamento pelo clima e pelo tipo de pastagens!
      Quanto as ovelhas as racas aprovadas para a producao do "Queijo Serra da Estrela" DOP, sao as "bordaleiras",as "churras" e as merinas mondegueiras"!

      Tanto quanto sei!

      Eliminar
  16. Obrigada na mesma.
    Talvez o Sr. Al cardoso, se ler o meu comentário tenha resposta.

    Um bom fim de semana para todos

    ResponderEliminar
  17. Bem haja pela a divulgacao da III Feira Regional do Queijo, este ano em Fornos de Algodres!
    Por ca (Fornos) as feiras do "Queijo da Serra" iniciaram-se ha muito, creio que ate antes da do Mosteiro-Penaverde, mas ha tres anos decidiu-se acabar com elas e, iniciar-se um novo ciclo com as "Feiras Regionais", a ideia inicial era juntar mais municipios, mas so se conseguiram unir Seia, Gouveia e Fornos de Algodres!
    Tera sido uma boa decisao ou nao, ainda estaremos para ver, mas uma coisa e certa, com este modelo poupa-se dinheiro e realizam-se mais actividades!
    Nao sabem a pena que tenho, em nao poder assistir a nenhuma delas!

    Um abraco e um "Queijo da Serra" a Estrela pois claro.

    ResponderEliminar
  18. As ocupações da vida e principalmente a distância nem sempre nos deixam apreciar e presenciar as boas coisas que se fazem na nossa terra, mas a ver pelo programa apresentado penso que será um êxito! Por agora só consegui umas fotos antigas da feira do Mosteiro, mas quem sabe mesmo sem fim de semana de Carnaval prolongado se consiga a “reportagem” da III Feira Regional do Queijo, este ano em Fornos?

    ResponderEliminar
  19. Gosto de todo o tipo de queijos, além de gostar muito de queijo de cabra, o queijo que eu mais gosto é o queijo da serra, para mim é e será o melhor de todos.
    Nunca fui a uma feira anual de queijos, pelo que vejo nas fotografias deve ser muito grande, vesse muita gente algumas pessoas de Forninhos e uma mesa enorme de queijos, quem me dera ter lá estado ia adorar comer desses maravilhosos queijos.

    ResponderEliminar
  20. Desta vez, venho te visitar para ficar salivando de vontade de provar o queijo de vocês. Um abraço, Yayá.

    ResponderEliminar

Não guardes só para ti a tua opinião. Partilha-a com todos.