Seguidores

quinta-feira, 16 de março de 2017

Ali por Março ou Abril...

Nos últimos dias estive a reler umas páginas do livro Penaverde, sua Vila e Termo, do Pe. Luís Ferreira de Lemos e encontrei um trecho que sublinhei 'há muito'...e que hoje trago aqui. Espero que apreciem:
"Ali por Março ou Abril, consoante, começa a faina agrícola. Pouco a pouco, o manto verde que a terra foi cobrindo depois dos 'codos do inverno', agora marchetado de boinas, malmequeres e miríades de flores sem nome, começa a virar-se do avesso, para albergar, no seio criador, as primeiras sementes das batatas temporãs".


Foto de Forninhos, do albúm de memórias de Luís Pires, filho da ti Ilda e ti Zé Cardoso.

26 comentários:

  1. Interessante. O que significa "CODOS"?
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pedaços de terra rijos/duros.
      Abraço.

      Eliminar
  2. Um grande trabalhos esse e depois resultará, mais tarde, na boa colheita e assim trocam-se os ciclos! beijos,chica

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada se consegue sem trabalho; assim acontece um pouco por todo o mundo!
      Beijos.

      Eliminar
  3. É realmente uma bela passagem a fazer lembrar os textos do Aquilino.
    Um abraço e bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É pena não ter havido mais Aquilinos ou padres "Luíses", pois talvez hoje soubéssemos compreender melhor a vida dos nossos antepassados e um pouco mais da história das nossas terras.
      Abr/Bom fim de semana.

      Eliminar
  4. Boa tarde Paula,
    Um texto muito belo e que diz bem como é preparação da terra para as sementeiras.
    É tempo delas!
    Beijinhos e bom fim de semana.
    Ailime

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Belo e...bem completo em: cor, perfume, beleza, curiosidade, passeio, e a rematar a semente para "a primavera dos dias".
      Bom fim de semana/beijinhos.

      Eliminar
  5. Tantas vezes andei sentado na grade, gostava, tal como o meu pai de me ver sentado nela mas de olho fisgado na pedra que esta carregava.
    Era mais ou menos assim: A pedra pesada, carregva a sementes para o fundo e quando agarotada era enxutada pelo peso, a grade virada ao contrário,aplanava a terra para a endireitar.
    E enquanto a gente viajava nos nossos sonhos, o cuco malandro, a poupa fedorenta, em suma, a natureza arrebentava no seu ciclo.
    Todos os elementos por esta altura, são bem vindos ao olhar dos aldeões que tais esperam, como as terras que semeiam.
    As primeiras batatas, as temporâs, são como um desafio do ciclo do que se espera.
    Enfim, que a primavera nos traga um "parto" bonito, farto e abençoado.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fizeste-me pensar naquilo que durante anos e anos o meu avô Cavaca e outros avôs durante anos fizeram sobre a terra. O esforço de homens durante todo um ano e animais também!
      Só faltou uma coisa: o cantar do lavrador beirão, que sempre lavrava a terra a cantar, a cantar lançava à terra as sementes, a cantar a recolhia, a cantar a malhava para que o grão pudesse ser nova semente na terra...

      Eliminar
  6. Um texto muito bom que nos mostra importantes passos na agricultura. Plantar, cuidar e colher. Um processo maravilhoso que conta também c o tempo, estações.
    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sim maravilhoso o ciclo da plantação.
      Tenha um lindo dia. Beijos

      Eliminar
  7. ....
    ....

    Lameira

    "Pudera Voltar a ti
    E ouvir o teu Cantar
    No arrastar dos tamancos
    Com a lama das Courelas
    Cantando no chiar dos Carros
    Das vacas, pois evidente
    Tanto a fervilhar de Gente
    Que te Pintava nas Telas
    Desse espaço Esburacado
    Sempre de todas a mais Bela
    De ti sempre Enamorado
    Sem outra Coisa na Ideia
    Como é Bom estar Encostado
    No Meu Lugar da Lameira "

    Xico Almeida ( 28 Março 2014 )

    .....//........

    Por estes dias há anos escrevia assim o Xico
    Por estes dias há anos assim apaixonado
    Por estes dias há anos vivendo
    Por estes dias há anos lutando
    Por estes dias há anos Enamorando
    Por estes dias há anos fervilhando
    Por estes dias há anos todos nós..
    Acreditando...na sua (nossas) Lameira (s) ,que Bom !!

    ........//..........

    Neste dia de sementes e sementeira
    De terra e ideias
    Que cada qual pense na sua ideia
    Que veio ao Mundo fazer
    Se veio regar a sua ideia
    Ou matar a semente e a videira
    Que cada um pense que anda cá a fazer
    Se não fôr uma boa sementeira
    Então...
    Numa barriga de aluguer
    Também já nascem sem elas
    Que cada um pense na tristeza que gera
    Em corações partidos á espera da queda
    Que cada um pense neste dia esburacado
    Por falsidade e chiar de asneiras
    Que cada um olhe para si
    Em dia de sementeira....
    Olhe para semente que lança na terra
    Não olhe para o presidente da Junta
    Mas sim para a sua panela
    Nao olhe para o ecrán, evite a crítica
    Olhe para o corrupto que esta aquém da sua janela
    Deite a arma fora
    E faça uma boa semeteira.....
    Veja a bomba atómica que é você e não a Coreia..
    Encoste-se á sua Lameira
    E reflita sem outra coisa na ideia...
    Enamorece no seu lugar..
    Porque a Morte está á espreita
    E todos somos poucos..
    Para recuperar da Lama
    E pintar coisa bonitas na tela..



    ( Neste dia em 2007 dormi num Hotel de Lisboa, nas Olaias,
    por motivos profissionais e chorei e gritei porque queria
    e quis uma boa sementeira ..mas a verdade , não sendo de ninguém é apenas para a quem sabe entender !!!)

    Bom fim de semana
    Boa sementeira
    MG






    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como eu o entendo, António!
      Para atalhar, só lhe digo que o blog é "Pai" de várias ideias, mas depois vêm outros, amiúde, tentar apropriar-se delas e tentar ganhar louros que não lhes pertencem!
      Usam sementes de há pelos menos 7 anos, como se tivessem sido da sua lavra!
      Tudo se calhar por causa de espaços esburacados...
      Como deve calcular, só acreditando na nossa(s) Lameira(s)conseguimos desmascarar este tipo de gente que mata a semente e a videira.
      Respeitosamente, aceite o meu abraço e até à próxima.

      Eliminar
  8. ....
    .....
    Boa semana, Paula .
    Espero que o fruto das vossas sementes não sejam vadalizados
    pelos inconscientes da vida...mas não desistam de SEMEAR.
    Valerá sempre a pena.

    Abr
    MG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Inconscientes da vida, mesmo!
      E de tão inconscientes que são, não medem as consequências dos seus actos, das suas invenções!
      Mas a verdade é como o azeite...
      António, tudo se resolve e não é à paulada!
      Dar o desprezo a essa gente é o melhor o que temos de fazer.
      Faça um blog seu. Escreve muito bem...SEMEIE...também!
      Abraço.

      Eliminar
    2. .....
      .....

      Nao tenho tempo ,nem capacidade para ter um blog.
      Estou "confortável" a escrever neste Blog ,enquanto
      vocês me deixarem fico-me por aqui.
      Se me sair o Euromilhões convido-vos a escrever um
      livro.
      Mas temos de ir ao Arco de São Jorge que tal como Fornos são candidatos a " Grande Maravilha " vejam o CM de hoje .....( estão as nossas sementes )

      Os meus erros ? Não tenho vergonha em vos dizer que
      nunca li um livro inteiro na Vida...
      Mas tive 90 em 100 na PGA de 1990 quando quis entrar
      para a Faculdade...
      Sou "viciado" em vendas e pronto !! 12 horas sobre rodas aos quase 52 não dá para mais....

      Grande Abraço,
      Obrigado por me aturarem..
      MG

      Nota - Também quero andar por aqui á espera que a enga Cabaça se resolva a dar a cara !!

      Eliminar
    3. António, o miolo da abóbora “cabaça” não é constituído por sementes?

      Se falta de miolo não tem, talvez lhe falte amadurecer "para ficar feita"...ou então falta-lhe coragem, que é coisa que não se conquista, nasce-se com ela!

      Abraço e escreva sempre, mesmo que haja críticas, porque tudo fica para a história.

      Olhe a PGA! Durou tão pouco tempo e ainda assim ficou na história!

      Eu fiz esses exame de acesso à faculdade no 1.º ano de existência (1989) na Vila de Fornos de Algodres e tive a sorte de ainda por lá conhecer o Reverendo Luis Lemos, que nos deixou um bom livro e sem Euromilhões ;-)

      Mas OBRIGADA.

      Eliminar
  9. ....
    " Espero que o fruto das vossas sementes não seja vandalizado..."

    Assim deveria ter escrito. Peço desculpa.

    Abr
    MG

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso comparado com os erros ortográficos dos inconscientes da vida é uma gotinha d´água!

      Boa noite.

      Eliminar
    2. ....
      ....

      Tomara os meus filhos possam escrever dentro de 30
      anos...com paixão !!

      ....Tomara Voltar a Ti
      E ouvir o teu Cantar...

      Já nao estarei cá em 2050.

      Abr
      MG

      Eliminar
    3. António, quem o 'ouvir' pensará que está mais para lá que para cá!
      Os filhos se calhar não, mas os netos estou em crer que sim!

      Eliminar
    4. ....
      ....
      Em 2050 estarei mais lá que cá...
      A actual sobrevivência do meu pai,somada á permatura
      morte da minha mãe a dividir por dois dá 72 anos...
      A longevidade é o mais belo segredo da vida...
      Mas tive um bisavô materno que morreu com 102 ...
      E a minha avó paterna com 95...( já vos falei )
      Conheço clientes meus com 85 / 80 e muitos setentas
      no activo....no " inferno" de Lisboa.
      Mas , em contrapartida , morreu há dias um vizinho meu, no Funchal com 62...cancro ? José António .
      Paz á sua alma .

      Por agora estou bem cá...( açucar e sal controlados)
      Não tenho medo da morte. Tenho receio do sofrimento.
      Sou a favor da morte assistida...
      Admiro as voluntárias que dão as bolachinhas e o chá
      nas urgências do S José e Sta Maria...Capuchos..
      É isso que eu queria para mim lá para a frente ...
      Não quero acabar como o meu pai ( os excessos foram muitos !! ) nem a olhar para o alcatrão a falar para
      ninguém !!

      Abr
      MG

      Eliminar
  10. Bonita foto.
    Continua a publicar coisas assim, gosto de ver e quando posso venho visitar o Blog.
    Que Deus os tenha, Meus Pais.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente as pessoas que nos são queridas vão-nos deixando e ficamos com a lembrança e a saudade. Mas o importante, Luís, é não as deixarmos morrer. Para ajudar volta e meia publico o material fotográfico que me foi enviado por email e entregue pessoalmente. Também gosto de ver, lembrar e fazer recordar.
      Tem uma boa noite. Beijinhos.

      Eliminar
  11. Boa noite,Luís.
    Pelos teus pai, sempre tive um carinho enorme...
    Sabes e sei que que sim, as distãncias eram medidas pelo ter ou nâo ter..puro engano! Coisas de ricos...
    A riqueza era de quem dava . Se me recordo do teu pai, amigo...
    Por exemplo nas Nogueiras ...Tonito, assim me chamavam, " dá um cigarro os teus... com filtro".
    Eu fumava às escondidas, mas todos sabiam. Partilhava Como o ti joquim branco..
    Tomara Forninhos ter Gentes destas!

    ResponderEliminar

Não guardes só para ti a tua opinião. Partilha-a com todos.